Cícero Urban

Cícero Andrade Urban nasceu e se criou em Ponta Grossa. O pai, Lubomir Urban, era farmacêutico e professor universitário e o avô paterno, Felix Urban, médico. Deles, vieram as grandes linhas de influência na vida do oncologista que hoje tem uma agenda tomada de compromissos científicos, no Brasil e exterior. Parte dela com a Sociedade Brasileira de Mastologia, de que é diretor de Cirurgia Oncoplástica; com a cátedra de Metodologia Científica e Bioética no curso de Medicina da Universidade Positivo, de Curitiba; na pós-graduação da Medicina da Federal, lecionando Bioética em Pesquisa; com conferências sobre Oncologia e Bioética, no País e no exterior.

Sua presença é frequente em Brasília, como consultor da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sobre Bioética. É mestre na divisão do tempo, que ainda sobra para cirurgias diárias e consultório.

Leitor de Theillard de Chardin, seguiu as pisadas e pistas do paleontólogo, cientista por anos calado por vozes de censores eclesiásticos. As assertivas de Chardin ajudaram-no no seu itinerário de cogitações e certezas sobre o homem e seu destino final. Primeiros passos para sedimentar certezas. E que depois solidificariam pisadas absolutamente seguras em Bioética, em busca da valorização e respeito ilimitados ao paciente de uma Medicina cada vez mais desumanizada.

Cícero também é vice-presidente do Instituto Ciência e Fé.

Aroldo Murá



TAMBÉM NOS ENCONTRAMOS AQUI: